Gestor de Projecto (Maputo)

A Fundação Fé e Cooperação está a recrutar um Gestor de Projecto (GPROJ) (m/f), para Maputo, em Moçambique.

 Descrição • A Fundação Fé e Cooperação (FEC), instituição com estatuto de utilidade pública, é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), reconhecida pelo Ministério Português dos Negócios Estrangeiros. Conta com financiamentos da Cooperação Portuguesa, Fundação Calouste Gulbenkian e de organismos internacionais, como União Europeia, UNICEF, Misereor, Kindermissionswerk, entre outros • A FEC foi criada pela Igreja Católica em 1990. Atua em Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal, apoiando ainda projectos noutros países lusófonos e acções em países de outras línguas (Sudão, Iraque). Nestes países, pauta-se pela missão de "promover o desenvolvimento humano integral através da cooperação e solidariedade entre pessoas, comunidades e Igrejas" • No Plano Estratégico 2017-2021, a FEC defende uma abordagem holística e integrada das suas acções, visando o desenvolvimento sustentável. A sua concretização passa por três eixos estratégicos de transformação social: 1) Educação, Conhecimento e Competências; 2) Boa Governação e Advocacia e 3) Cidadania Global e Direitos Humanos • Esta função insere-se na acção do eixo Educação, Conhecimento e Competências e reforça a actividade do eixo Boa Governação e Advocacia • Apostamos na formação e qualificação dos profissionais de áreas sociais: professores, educadores de infância e directores de escola, pais e educadores, agentes de desenvolvimento comunitários, enfermeiros e agentes de saúde comunitária. A educação está na base do desenvolvimento humano integral e é um pilar fundamental para a construção de sociedades mais justas e equitativas. Gera conhecimento e desenvolve competências fundamentais para o acesso ao emprego e empreendedorismo, gerando rendimentos e inovação. Em Moçambique, trabalhamos na educação na Província do Niassa e em Maputo, abrangendo educação de infância e o 1º ciclo do ensino básico e, transversalmente, nas áreas de gestão e administração escolar, com atenção à dimensão de educação inclusiva e equidade de género • Apostamos na capacitação em gestão e assessoria técnica às organizações da sociedade civil, para que estas possam desempenhar a sua missão de forma mais eficiente e impactante junto das comunidades. Sociedades democráticas e justas precisam de atores de desenvolvimento (públicos, privados, sem fins lucrativos e sociedade civil) competentes e mobilizados para o bem comum e políticas justas e inclusivas • A FEC aposta na advocacia e influência política junto dos decisores políticos, no trabalho em rede com atores locais e internacionais e na recolha de dados que fundamentem as recomendações e propostas que apresenta juntos de decisores • Projecto: raízes e cultur@ - empreendedorismo cultural e reforço da identidade e cultura moçambicana • Duração: Dezembro 2020 – agosto 2021 • Objectivo geral da função: O Gestor de Projecto (GPROJ) Raízes e Cultur@ - Empreendedorismo cultural e reforço da identidade e cultura moçambicana é responsável pela gestão, acompanhamento e implementação do projeto nas dimensões técnica, financeira e de recursos humanos • Posição na organização: Reporta a Coordenadora do Programa País de Moçambique (CPP_MOÇ) • Colabora com o Gestor Administrativo e Financeiro (GAF), com o Gestor de Comunicação (GCOM) e com o Gestor de Projecto em Portugal (GP_PT) com vista a garantir a boa execução técnica e de recursos, dando conhecimento ao CPP_MOÇ • Articula com os técnicos das entidades parceiras a gestão técnica e financeira do projeto, sob orientação do CPP_MOÇ Funções Gestão e a acompanhamento técnico • Acompanha e monitoriza a implementação do projecto através de instrumentos de gestão FEC, analisando pareceres, indicadores e tendências e propondo modificações à intervenção quando necessário • Reporta as actividades do projecto através de pontos de situação mensais e mantém actualizado o cronograma das actividades • Participa, analisa e dá retorno a todos os documentos relacionados com o projecto • Assegura que resultados relevantes, melhores práticas e lições aprendidas são difundidos entre a equipa do projecto, parceiros, beneficiários e doadores • Assegura a boa organização dos dossiês técnicos de projecto, para que seja possível a consulta rápida de todo e qualquer documento físico e digital relativo aos projectos • Participa em reuniões com financiadores e parceiros para retorno da execução técnica e financeira do projecto • Garante o cumprimento de protocolos estabelecidos, contratos de prestação de serviços, fornecimentos e obras Gestão de equipa • Coordena e supervisiona os técnicos das entidades parceiras no quadro da planificação e implementação das actividades e da gestão financeira do projecto • Estabelece linhas de orientação e assegura a efectivação dos deveres e responsabilidades, dos técnicos das entidades parceiras, constantes dos termos de referência de cada função, o progresso regular das actividades e o cumprimento dos objectivos estabelecidos • Coordena as reuniões de equipa de projecto • Gere, motiva e acompanha a equipa de projecto • Participa no processo de definição de funções e recrutamento e consultoria, selecção, contratação, em articulação com o CPP_MOÇ, observando os procedimentos definidos no manual de procedimentos FEC e de acordo com os requisitos dos financiadores • Contribui para a criação de condições de bom funcionamento da equipa em Moçambique, de acordo com manual de procedimentos da FEC e tendo em conta as linhas de orientação estabelecidas pelo CPP_MOÇ Gestão financeira e logística • Mantem informação actualizada sobre a execução financeira do projecto, em articulação com o GAF e com o CPP_MOÇ • Assegura, em estreita colaboração com o GAF, que os parceiros cumprem as regras financeiras estabelecidas em protocolo • Dá feedback mensal sobre a execução financeira do projecto, com a colaboração do CPP_MOÇ e do GAF • Apoia a fundamentação técnica para a elaboração dos relatórios de prestação de contas aos financiadores dos projectos, em conjunto com o GAF e em articulação com o CPP_MOÇ e o Coordenador do Departamento Financeiro e Administrativo (CDAF) na Sede da FEC Monitorização e avaliação • Elabora, reformula e implementa instrumentos de diagnóstico, monitorização e avaliação do projecto, em articulação com o GP_PT e com o CPP_MOÇ e orienta a equipa de projecto relativamente à recolha e compilação dos dados • Articula com o GP_PT e com o CPP_MOÇ quaisquer alterações aos instrumentos de diagnóstico, monitorização e avaliação ou relativamente à necessidade de construção de novos instrumentos • Garante a recolha e registo atempado e rigoroso dos dados decorrentes da aplicação de instrumentos de avaliação do projecto • Reorienta a equipa de projecto em função da análise conjunta de dados • Elabora os relatórios técnicos, através de uma análise crítica aos dados recolhidos e resultados atingidos pelos projectos, seguindo os formulários dos financiadores • Colabora com as missões de monitorização e avaliação (intercalares e final)

Gestão de parcerias, comunicação e imagem • Gere as parcerias e contactos no âmbito do projecto e participa, sob orientação do CPP_MOÇ, em grupos de trabalho de desenvolvimento de políticas e procedimentos nas áreas de Educação, Desenvolvimento Organizacional e Capacitação Institucional • Participa nas reuniões de projecto (com parceiros, financiadores, doadores, organizações da sociedade civil, instituições académicas, organizações governamentais, etc.) • Colabora com o GCOM no desenho do Plano de Comunicação do projecto, em articulação com o CPP_MOÇ • Articula com o GCOM a implementação e divulgação das actividades do projecto, após validação do CPP_MOÇ e do Coordenador do Departamento de Comunicação (CDCOM) • Apoia a realização de outras actividades de comunicação da FEC, nomeadamente através da elaboração de artigos sobre a sua área de intervenção e do registo fotográfico das actividades do projecto • Assegura a implementação dos termos de divulgação e comunicação do apoio de financiadores e parceiros associados à intervenção, respeitando os requisitos de visibilidade dos financiadores • Colabora na criação de condições para promover o bom-nome da instituição junto da comunidade, público-alvo e parceiros da FEC Produtos esperados e data de apresentação • Dossiês técnicos de projecto (em suporte digital e em papel) – actualização regular • Instrumento de Monitorização – actualização mensal • Cronograma de actividades – actualização mensal • Plano de comunicação – actualização trimestral • Relatórios técnicos – de acordo com calendário definido com financiadores e parceiros • Orçamento mensal • Execução financeira (Mango) – análise mensal • Matriz de tarefas e procedimentos relativo às suas funções em suporte digital - no final do tempo de contrato Requisitos • Aptidões: • Consciência intercultural • Capacidade de auto motivação e auto-aprendizagem • Criatividade e habilidade para trabalhar com recursos limitados • Pensamento estratégico e capacidade de planeamento • Capacidade de gestão de recursos humanos e de gestão do tempo • Capacidade para trabalhar em equipa e comunicar eficazmente com colegas de várias nacionalidades • Capacidade para trabalhar sob pressão, autonomamente e com supervisão reduzida • Orientação para a obtenção quotidiana de resultados • Carta de condução de veículos ligeiros e/ou motociclos (preferencial) • Conhecimento: • Formação superior em Gestão, Ciências Sociais e Humanas ou com experiência comprovada em funções similares • Conhecimento da metodologia de gestão de ciclo do projecto • Conhecimento dos procedimentos administrativos e financeiros da União Europeia • Fluência em português e bons conhecimentos de inglês e/ou francês • Conhecimento da realidade social e cultural em África e/ou em Moçambique (preferencial) • Microsoft Office • Experiência: • Experiência de trabalho em funções equivalentes, preferencialmente de 3 anos • Experiência em gestão de projectos e de equipas de trabalho • Experiência em planeamento, estabelecimento de prioridades, preparação de planos de trabalho e avaliação de progresso • Experiência de trabalho em países em desenvolvimento, em especial países africanos e/ ou em Moçambique (preferencial, pelo menos 1 ano) • Serão valorizadas candidaturas de pessoas que tenham autorização de trabalho em Moçambique • Compromisso: • Compromisso com a luta contra a pobreza • Compromisso com a filosofia de trabalho da FEC, nomeadamente a Doutrina Social da Igreja; • Respeito pelo direito e valores internacionais que estão subjacentes à Declaração Universal dos Direitos do Homem e outros congéneres • Compromisso com a capacitação das instituições locais baseada no respeito mútuo e no princípio de parceria • Disponibilidade para viajar no país de intervenção, de acordo com as necessidades Notas • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados • Carga horária e horário Tempo completo (40 horas semanais, flexíveis em função das necessidades

Sem comentários

Imagens de temas por Jason Morrow. Com tecnologia do Blogger.